28.9.09



Toda a vida é um sonho. Ninguém sabe o que faz, ninguém sabe o que sabe. Dormimos a vida, eternas crianças do Destino. Por isso sinto, se penso com esta sensação, uma ternura informe por toda a humanidade infantil, por toda a vida social dormente, por todos, por tudo.

Livro do Desassossego

3 comentários:

Marie. disse...

Sim, sim, sim!

matilde disse...

gosto imenso :')

Rute disse...

palavras sábias, sem dúvida!